Centro: Cambuci é o roteiro da última Operação Cata-bagulho de junho

Pela quarta vez no ano, os moradores do Cambuci poderão participar da Operação Cata-bagulho. Neste sábado (30), acontece a última edição do serviço no mês de junho, que percorrerá a região em busca de móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados.

Para utilizar o serviço basta depositar os materiais inservíveis, entre 7 e 12 horas, nas calçadas para que, na sequência, sejam levados pelas equipes programadas pela Subprefeitura Sé. Após este horário, um representante do serviço faz a vistoria, de motocicleta, em todas as ruas do distrito, montando assim a rota que o caminhão realizar.

O Cambuci é delimitado pela avenida Lacerda Franco, rua Coronel Diogo, rua Basílio da Cunha, rua Gaspar Fernandes, rua Engenheiro Prudente, rua Ari Cajado, rua Leandro de Carvalho, rua Almirante Pestana, avenida do Estado, rua Presidente Batista Pereira, viaduto São Carlos, linha da CPTM, rua da Mooca, avenida do Estado/viaduto 31 de Março, rua Antônio de Sá, avenida Prefeito Passos, rua Otto de Alencar, rua Teixeira Mendes, rua do Lavapés, rua Francisco Justino de Azevedo, rua Miguel Teles Júnior e rua Alves Ribeiro.

O serviço tem como objetivo evitar crimes de despejo irregular de lixo e entulho. Tais violações são passíveis de multa de até R$ 13 mil, e inviabilizam o escoamento correto das águas torrenciais, causando enchentes. Desde janeiro, as 24 edições recolheram 408 toneladas na região central de São Paulo. O calendário das Operações pode ser consultado do site da Subprefeitura da Sé.

Ecopontos

Em caso de pequenas quantidades, de até 1 m³, o que corresponde a uma caixa d’água de mil litros ou 25% de uma caçamba, o descarte pode ser feito nos Ecopontos. Na região central, seis estão em funcionamento: Glicério, Liberdade, Armênia, Barra Funda, Cambuci e Nova Luz.

Os Ecopontos também recebem entulho, resíduos gerados pelas atividades de construção civil, como fragmentos de tijolo, areia, cimento, entre outros.

Já os grandes geradores de entulho devem contratar uma empresa cadastrada na Prefeitura, que faz a retirada, transporte e o descarte de forma apropriada. A relação dessas empresas está no site da Prefeitura de São Paulo.





Lixo eletrônico

A Central de Triagem de Lixo Eletrônico, localizada na Barra Funda, é a primeira da Cidade a recolher e reaproveitar eletrodomésticos, como televisões, rádios, microondas, peças de computador, monitores, teclados, mouses, aparelhos telefônicos e fotográficos, dentre outros. Os interessados em se desfazer de peças eletrônicas podem levá-las gratuitamente até Central, ou ainda, solicitar a retirada dos objetos pelo telefone 3666-0849.

Serviço:

Cata-bagulho no Cambuci
Data: 30/6/12
Horário para depósito de materiais pelos moradores: das 7 às 12 horas
Grátis

Ecoponto Armênia
Local: rua General Carmona, 140; próximo à avenida Tiradentes, altura da praça Bento de Carmago Barros
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Ecoponto Barra Funda
Local: rua Sólon (Baixos viaduto Engenheiro Orlando Murgel)
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Ecoponto Cambuci
Local: avenida D. Pedro I, 21
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Ecoponto Glicério
Local: avenida do Estado, esquina com rua Nova, baixos do viaduto Glicério
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Ecoponto Liberdade
Local: rua Jaceguai, 67, próximo ao viaduto Guilherme de Almeida e avenida Liberdade
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Ecoponto Nova Luz
Local: rua Helvetia, próximo ao número 55
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 6 às 22 horas. Domingo, das 6 às 18 horas

Central de Triagem de Lixo Eletrônico – Coopermiti
Local: rua Doutor Sérgio Meira, 268 – Barra Funda
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8 às 17 horas. Sábado, das 9 às 13 horas.

Fonte: Prefeitura de S. Paulo





Deixe seu comentário