Centro de São Paulo irá ganhar ciclorrota turística

O centro de São Paulo vai ganhar, até o fim deste ano, uma ciclorrota turística ligando suas principais atrações.

O objetivo é tornar trajetos como edifício Martinelli/praça da República mais seguros e convidativos de bicicleta.

Vinte e cinco pontos de interesse fazem parte do projeto, entre eles bibliotecas, prédios, praças e igrejas.

A rota terá sinalização especial indicando que ali é um trajeto habitual de ciclistas. A via, no entanto, será compartilhada com os carros, como já ocorre nas ciclorrotas do Brooklin e do bairro de Perdizes.

Como a sinalização é permanente, a ciclorrota funcionará a semana toda. Mas, segundo a prefeitura, o foco é aumentar no fins de semana a circulação de pessoas.

Outro objetivo é valorizar e ocupar o centro histórico.

Nos finais de semana, a região fica mais vazia. Por outro lado, o trânsito diminui e o deslocamento de bicicleta fica mais fácil.





O trajeto passará pelas quatro estações da área – estação São Bento, estação República, estação Anhangabaú e estação Sé-, para atrair quem mora longe do centro.

Para a ciclista urbana Aline Cavalcanti, usar as bicicletas para incentivar o turismo é positivo, porque “ela promove um olhar diferente sobre a cidade. O centro é incrível e muitas pessoas não conhecem direito”, afirma.

A ciclorrota precisa das aprovações dos conselhos do patrimônio histórico, já que passa por bens tombados, como o Teatro Municipal.

Também será analisado pela Comissão de Paisagem Urbana. Só depois o projeto executivo será contratado.

Fonte: Folha.com





Deixe seu comentário