De Santo Amaro para o Centro: Samba da Vela na Galeria Olido

Há 12 anos, um grupo de sambistas se uniu para dar início a um dos mais importantes – e lonvejos – projetos de samba da cidade de São Paulo. O Samba da Vela foi uma das pioneiras agremiações da capital paulista a celebrar o ritmo que já não tinha espaço nas mídias tradicionais e na indústria fonográfica e fez das segundas-feiras do bairro de Santo Amaro um dia para celebrar a música autêntica brasileira.





De Santo Amaro para o Centro, durante o mês de julho, dentro da série “Terça do Samba”, a Galeria Olido recebe os músicos para apresentações às terças-feiras, sempre às 19h, com entrada grátis.

Há uma simbologia da vela com o samba: no início da roda de samba, acende-se uma vela. Apagada a vela, é findado o samba. Além dos inúmeros sambas autorais já cantados ao longo destes anos, o Samba da Vela também legou aos sambistas e admiradores do ritmo o cd “A Comunidade Samba da Vela”, em 2004.

Fonte: Catraca Livre





Deixe seu comentário