Em São Paulo já é possível pagar a conta de luz com o lixo reciclado

Com apenas um ano de vida o projeto “Recicle mais, pague menos” da empresa AES Brasil surpreendeu. Mereceu virar notícia porque não se resume a mero marketing verde, tão em moda hoje em dia.

O projeto foi timidamente divulgado em São Paulo. No entanto, mesmo desconhecido pela população paulistana, a ação da AES Eletropaulo está resultando positivamente.

O projeto tem como objetivo reduzir o custo do consumo de energia através da reciclagem, um exercício da cidadania e envolvimento.

No estado de São Paulo, a campanha ocorre na capital paulista e no município de Barueri – onde funciona desde maio de 2013.

No Rio Grande do Sul, no município de Canoas, onde teve início (março de 2013), o projeto arrecadou mais de 10 mil toneladas de material reciclável. Os clientes que aderiram obtiveram R$ 78,00 de desconto, em média, na fatura de energia elétrica, no primeiro mês de arrecadação.

COMO FUNCIONA

O cliente deve se dirigir até um dos 7 pontos de coleta existentes, munido de sua conta de luz, para efetuar o cadastro. Ganhará um cartão personalizado para ser identificado sempre que comparecer ao ponto de coleta. De posse do cartão, o cliente começa a missão de reciclagem.

Todo material entregue nos pontos de coleta serão pesados e precificados de acordo com uma tabela de mercado. A soma é registrada em um terminal eletrônico, que envia a informação para a distribuidora de energia. Os participantes recebem na hora um comprovante com a quantia que será abatida na sua próxima conta de energia elétrica.

Não há limite para o desconto. Se a pesagem dos resíduos superar o valor da “conta de luz”, o crédito restante servirá de desconto na fatura seguinte.

Com isso, o resíduo se transforma em crédito lançado na fatura de energia e os cadastrados passam de consumidores a clientes da empresa AES Brasil.

PONTOS DE COLETA

Em São Paulo

Ponto Águia de Haia: Av. Águia de Haia, 2636, no Assaí Atacadista

Horário de funcionamento: terça à sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h.

Ponto Guaianases: Estrada Dom João Nery, 4.031, no Assaí Atacadista

Horário de funcionamento: terça à sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h.

Ponto Heliópolis: Rua Coronel Silva Castro, altura do n° 202

Horário de funcionamento: segundas à sextas, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h.

Ponto São João Clímaco: Rua São João Clímaco esquina com a Rua Luís Abodanza

Horário de funcionamento: terças e quintas, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h. Aos sábados, das 9h às 12h30h.

Ponto Vila Guacuri: Rua Joaquim Forzano, em frente ao número 50

Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h. Aos sábados das 9h às 12h30.

Ponto Jardim Patente: Av. Patente, 193, dentro do Condomínio Habitacional São Caetano*

Horário de funcionamento: segunda, quarta e sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h.

Em Barueri

Av. Marginal Direita (s/n), no Jardim Paulista, ao lado da UBS

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h.

*Acesso exclusivo para os moradores do condomínio.

Fonte: Ambiente Legal




Deixe seu comentário