Museu da Língua Portuguesa recebe uma exposição inteiramente dedicada ao chocolate

A partir de terça, 23, o Museu da Língua Portuguesa recebe uma exposição inteiramente dedicada ao chocolate. Além de participar de degustações e atividades, o visitante poderá conhecer a história dessa tentação, considerada uma iguaria em meados do século 17. A entrada é grátis.

Quem fizer o passeio à exposição terá quatro ambientes a percorrer. Na primeira sala, os visitantes serão apresentados à história do chocolate. No segundo espaço, há uma linha do tempo com os principais chocolates da Lacta, patrocinadora do evento, deste século no país, como Sonho de Valsa e Diamante Negro, e o contexto histórico em que foram lançados.

O foco do terceiro espaço é a interatividade. Nele, uma simulação do processo de fabricação deixa um cheirinho de chocolate no ar e dá água na boca. Os visitantes poderão ainda se “transformar” em uma barra de chocolate ao se jogarem em uma grande tela elástica.





Chegando ao quarto e último ambiente, será a vez da degustação. Em oito tubos gigantes, a sala oferece tabletes de Diamante Negro, Laka, Shot, Bubbly, Sonho de Valsa, Ouro Branco e Bis, que o visitante poderá levar para casa em uma embalagem personalizada.

O acervo apresentado na mostra é fruto de um levantamento histórico realizado pela marca, que também será reunido no livro “Lacta 100 anos, muito prazer”.

“Na mostra, o público poderá conhecer e saborear a história do chocolate, que é parte integrante da memória da industrialização no Brasil, tanto quanto da nossa gastronomia, arte, publicidade, design e até do esporte”, diz Danilo Blanco, curador da mostra e diretor da Galeria Central.

Fonte: Catraca Livre





Deixe seu comentário